Folha do ES
Sex, 1 de Jul

Home   Política     Espírito Santo


Vereador que mandou matar o ativista Jonas Soprani pede licença temporária do cargo

Vereador que mandou matar o ativista Jonas Soprani pede licença temporária do cargo

  Por Redação

  25.maio.2022 às 10:53

O vereador Waldeir de Freitas Lopes, acusado de ser o mandante do assassinato do ativista Jonas da Silva Soprani ocorrido em 23 de junho de 2021 em um bar do Bairro Novo Horizonte, em Linhares, no Norte do Espírito Santo, solicitou à Câmara Municipal licença temporária do cargo na segunda-feira, 23.

Waldeir de Freitas teve a prisão preventiva decretada no dia 03 de maio pela 1ª Vara Criminal de Linhares, mas a Polícia Civil não conseguiu localizá-lo ao fazer buscas em seu endereço. O vereador criminoso, que está foragido da justiça, segundo informações continua exercendo o mandato de vereador do Município.

Além do pedido de licença, o vereador encaminhou à Câmara atestados médicos de tratamento cirúrgico odontológico, para justificar as ausências em Sessão Plenária. Waldeir usou como intermediário para o crime seu amigo Cosme Damasceno, ligado ao tráfico de drogas; e Genebaldo Fonseca, que está preso.

Os executores do assassinato foram Jhulian Alves de Souza, morto em confronto com a polícia em 2021, e José Natalino dos Santo, que está preso em Linhares. Josenilton Alves dos Santo, assessor de Waldeir, também é investigado pela polícia, por intermediar o contato com os executores e chegou a ser preso.

Jonas Soprani era um ativista político atuante, que não dava trégua aos políticos que agiam de forma irregular. Ele atuava não só em Linhares, como em vários outros municípios capixabas. Onde quer que houvesse um político bandido, lá estava Jonas Soprani lutando para que fosse devidamente punido pela justiça.


Fonte: Linhares em Foco

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.