Folha do ES
Seg, 25 de Mar
SESAN - VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Home   Política     Espírito Santo


Lava Jato: delação da OAS atinge ex-secretários de Hartung

Lava Jato: delação da OAS atinge ex-secretários de Hartung

Deputado Euclério Sampaio foi autor de representações que incriminam agentes públicos do Espírito Santo

  Por Jackson Rangel Vieira

  04.março.2019 às 13:52Atualizado em 04.março.2019 às 14:55

No dia 27 de fevereiro de 2019 foi noticiado na imprensa nacional que a delação da OAS. Finalmente nasceu (foi homologada) no STF.

Isso terá impacto no Espírito Santo, prometendo muita repercussão no ano de 2019.

Em meados de 2017, o deputado estadual Euclério Sampaio (PDSC) protocolou Representação na Procuradoria Geral da República e no STF (ministro Edson Fachin), pedindo providências sobre as provas coletadas na Operação Lava Jato aonde comprava-se propina de R$ 800 mil reais para o ex governador do ES em troca de obras de saneamento da CESAN (Governo do Estado).

As provas foram descobertas “por acidente” nas buscas e apreensões contra o ex presidente da Empreiteira, Leo Pinheiro. O celular apreendido entregou todo o esquema no ES.

Isso se chama “prova fortuita"” (obtida por acaso, porque a investigação não mirava políticos no Espírito Santo).

Nas mensagens de WhatsApp e depoimentos, há menção aos operadores do ex-Governador, implicando diretamente Octaciano Neto como operador da propina. O ex-Secretário da SEAG foi mencionado expressamente na delação.

Além disso, há mensagens de Leo Pinheiro com um executivo de sua alta confiança, já organizando o envio de equipe técnica e clandestina ao ES para montar, criminosamente, o edital da PPP de OBRAS em favor da OAS, visando direcionar a “licitação” para a empreiteira.

A validade dessas provas foi confirmada pelo Ministro Fachin e houve quebra de sigilos do ex-governador e de seus operadores: sigilo telefônico, bancário e fiscal.

Tudo isso consta nos autos do antigo Inquérito 4141, hj inquérito 4258. Há também um organograma da organização, identificando o ex-Governador e sua trama de relações incestuosas.

"Parabenizo a Polícia Federal e a Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado do Grupo de Inquéritos do STF (DICOR/GINC-STF) e sua equipe",. enfatiza efusivo o parlamentar

O deputado Euclériio conclui: "Em breve anunciarei mais novidades, frutos do trabalho investigativo de nosso mandato.Após o carnaval, que caiam as máscaras!"

CLIQUE AQUI E LEIA A REPRESENTAÇÃO DO DEPUTADO EUCLÈRIO SAMPAIO

Nome de Hartung e Octaciano são citados no inquérito


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.