Folha do ES
Qua, 20 de Mar
SESAN - VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Home   Política     Espírito Santo


Amante de Manato, presa por extorsão, mora em Vila Velha e natural de Ecoporanga

Amante de Manato, presa por extorsão, mora em Vila Velha e natural de Ecoporanga

Simone Lima Silva gravou vídeos e premeditou a extorsão, sendo presa em flagrante. Carlos Manato é Secretário da Casa Civil do Presidente Jair Bolsonaro (PSL)

  Por Jackson Rangel Vieira

  27.fevereiro.2019 às 01:42Atualizado em 27.fevereiro.2019 às 13:00

A amante do ex-deputado Carlos Manato (PSL), homem forte do presidente da República, Carlos Manato, é natural de Ecoporanga e mora atualmente em Vila Velha. Ela tem 37 anos: Simone Lima Silva.

Ela já foi presa em 1995 por furtar loja. Justificou que estava em depressão na época. E no seu depoimento, Simone disse que conheceu o ex-deputado Carlos Manato antes de se casar, mas era um caso extra-conjugal pois ele sempre foi casado com a deputada federal, Doutora Soraya (PSL).

De forma peculiar, disse que numa ocasião em Guarapari pediu R$ 5 mil ao ex-deputado que negou, alegando não ter aquele dinheiro. A partir de então decidiu chantagear Manato que acordou em lhe dar R$ 25 mil para não mostrar os vídeos a ninguém.

Para não aparecer no escândalo, pediu para o motorista do ex-deputado, Luiz Dayr, levar R$ 10 mil em mãos no Shopping Praia da Costa e levar documento em que manteria sigilo. Os outros R$ 15 mil seriam depositados.

Para conseguir chegar a este ponto, Simone enviou um dos vídeos íntimos dos dois, o que levou o Secretário da Casa Civil da Presidência da República a colocar o motorista como suposta vítima em seu lugar.

Existe a suposição de que a amante não teria agido sozinha no plano de extorsão. O caso está sendo apurado. A Delegada Rhaiana Bremenkamp teria preservado o nome do ex-deputado, inserindo só o nome "Carlos" em toda citação referente ao assessor do presidente da República.

Delegado Rhaiana Bremenkamp foi responsável pelo inquérito inicial do escândalo


Fonte: folhadoes.com

 

Simone Lima Silva foi presa por extorsão. Ela negociava por R$ 25 mil o seu silêncio sobre os vídeos íntimos com o assessor da Presidência da República, ex-deputado Carlos Manato (PSL). 34, anos, casada, natural de Ecoporanga, mora em Vila Velha, ES.

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.