Folha do ES
Sex, 12 de Ago
32 ANOS DA FOLHA DO ES

Home   Política     Espírito Santo


“Vamos ouvir a tropa”, diz Guerino em encontro com coronéis

“Vamos ouvir a tropa”, diz Guerino em encontro com coronéis

Pré-candidato ao governo ouviu demandas dos coronéis, no Clube dos Oficiais, que pedem diálogo com o Executivo.

  Por redação

  28.julho.2022 às 10:54Atualizado em 28.julho.2022 às 12:55

“Nossa tropa está doente. E quando um policial está doente, ele leva consigo toda a sua família”, assim o pré-candidato ao governo do Espírito Santo, Guerino Zanon (PSD) lamentou a constante situação de stress enfrentada pelos policiais capixabas, depois de anos sem os devidos investimentos em suas carreiras. Guerino esteve, na manhã desta quarta-feira, com um grupo de coronéis no Clube dos Oficiais, a convite do presidente da Associação dos Oficiais Militares do Espírito Santo (Assomes), coronel Augusto Picoli.

Guerino recebeu do presidente da Assomes uma lista de propostas e reinvindicações das principais demandas da Polícia Militar do Espírito Santo. O coronel Picoli reforçou que essas propostas também podem ser utilizadas para auxiliar Guerino na montagem de seu plano de governo. E ouviu do pré-candidato a promessa de que todos os pontos serão analisados.

“Assim como toda a sociedade, a tropa também precisa muito de ajuda nesse período pós pandemia. O estresse policial chegou ao limite máximo. E, como eu sempre digo, o policial salva vidas! O policial tem que ser valorizado, tem que ser respeitado e tem que ser ouvido. Vamos ouvir quem é de direito. Vamos ouvir a tropa e fazer um estudo profundo dessas demandas. E como eu sempre fiz nos meus cinco mandatos, nunca vai faltar diálogo com a corporação”, garantiu o ex-prefeito de Linhares.

Guerino também defendeu um debate sobre o excludente de ilicitude, que é quando o policial precisa usar a força durante uma operação. “Valorizar o policial também é abrir uma discussão sobre o Estado e a sociedade ficarem do lado do policial quando ele precisa decidir se atira para salvar a própria vida ou morre nas mãos de um criminoso. O policial tem que ter tranquilidade para sair para trabalhar e saber que o Estado está ao lado dele, e não que vai atacá-lo e julgá-lo quando ele precisa tomar uma decisão durante uma operação”, pontuou Guerino. No próximo domingo, dia 31, no Centro de Convenções de Vitória acontecerá a convenção do PSD que vai confirmar o nome de Guerino para a corrida pelo governo do Estado. Além do PSD, estarão juntos na chapa o PMB35 e a Democracia Cristã. O evento começará às nove horas da manhã.

Guerino Zanon foi prefeito de Linhares por cinco mandatos. E se destacou pelos avanços implantados na cidade. Em seis anos, o PIB de Linhares cresceu 151%. De 2017 até 2022, durante seu último mandato, foram criados 20 mil postos de trabalho no município, que vai receber até o próximo ano R$ 3 bilhões em investimentos privados. Além do desenvolvimento econômico, o ex-prefeito também foi responsável por levar esgoto tratado há quase 90% do município, sendo que, quando assumiu a prefeitura em seu primeiro mandato, Linhares não tinha nem um por cento de esgoto tratado. Agora, o ex-prefeito garante que é possível fazer com que o Espírito Santo se desenvolva como a cidade do Norte se desenvolveu.


Fonte: Folha do ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.