Folha do ES
Qua, 30 de Nov

Home   Política     ELEIÇÕES 2022


Rose acusa grupo de Casagrande pela derrota ao Senado

Rose acusa grupo de Casagrande pela derrota ao Senado

Em busca de culpados, ela também fala que foi vítima do ”efeito Bolsonaro”

  Por redação - HF

  04.outubro.2022 às 10:42Atualizado em 04.outubro.2022 às 10:46

A senadora Rose de Freitas (MDB), que caminha para o fim do mandato — não reeleita — mencionou em reportagem do jornal A Gazeta, que parte de sua derrota seria fruto de deslealdade do grupo político que orbita o governo de Renato Casagrande (PSB). O que também seria o motivador do segundo do atual governador com Manato (PL).

Agora quem, estando na aliança, foi capaz de fazer política diferente do que era a proposta do grupo que estava com Renato pode ter arrependimento. Acho que nem todo mundo que estava na chapa e na aliança foi leal à candidatura de Renato. E muitos sequer me apoiaram. Uns porque queriam a vaga, outros porque têm forma de fazer política em que não se sentem responsáveis pelas decisões”, disse sem indicar nomes.

Rose perdeu a eleição para Magno Malta (PL), correligionário do presidente. Tirando os méritos de Malta, ela culpou Bolsonaro por sua derrota nas urnas.

“Efeito Bolsonaro. A eleição nacional está um pouco misturada com a regional”, disse Freitas, que foi apoiadora de Lula no Estado.

Corrupção

Rose esquece (propositalmente) de mencionar em resposta a jornalista seu envolvimento em corrupção, como o da Codesa, onde a Polícia Federal, através da Operação Corsários, desbaratinou um esquema de propina milionária que supostamente teria seu nome como beneficiária do dinheiro desviado. Na ação criminosa, estariam envolvidos seu irmão Edward e o primo Ricardo.


Fonte: Opinião ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.