Folha do ES
Sb, 22 de Set
CIAC

Home   Política     Eleições 2018


Com saída de Hartung, Casagrande vai enfrentar o imprevisível

Com saída de Hartung, Casagrande vai enfrentar o imprevisível

O senador Ricardo Ferraço (PSDB) e o deputado estadual Amaro Neto (PRB) são os mais cotados para ocupar o espaço deixado pelo governador na desistência de sua reeleição

  Por Jackson Rangel Vieira

  09.julho.2018 às 20:33Atualizado em 09.julho.2018 às 22:42

Fato novo na política capixaba produzido pelo governador Paulo Hartung (MDB) ao anunciar hoje (9) em reunião de secretariado sua desistência de disputar a reeleição. A movimentação no Palácio foi grande durante toda tarde dos aliados do medebista. Outra reunião está marcada para amanhã para discutir o substituto.

O senador Ricardo Ferraço (PSDB) é o mais comentado pela citações nos discursos recentes do governador em eventos do Governo do Estado. Considerado o segundo senador melhor do País, com eleitorado solido, principalmente no interior, pode ser alternativa. O tucano, entretanto, fez todo planejamento para disputar sua reeleição, mas tudo é possível.

Amaro Neto (PRB), deputado de primeiro mandato, é um fenômeno sociológico na Grande Vitória, aonde está concentrada a maioria do eleitorado do Estado. O parlamentar também tem apoio da maioria dos seus pares. Em simulações sem dizer que disputaria o Palácio Anchieta, ele fica apenas 10% atrás do pré-candidato Renato Casagrande (PSB) que, agora, tem de esperar para concorrer com o imprevisível.

O que parecia fácil para o socialista, em empate técnico com o governador desde das primeiras amostragens, em abril, fica no campo do improvável com essa alteração do cenário político capixaba. O discurso não poderá ser o mesmo, anti-Paulo Hartung, e a estratégia de campo também precisará de ajustes. Não é quadro de alívio. É de gerar preocupação e incertezas.

Os dois, tanto Amaro como Ricardo, têm mais potencial de agregar partidos e mobilizar os correligionários do que o próprio governador que enfrenta o desgaste de governar por três mandatos. Agora, esperar os próximos capítulos dessa novela eleitoral com a teoria do caos instalada, em que na desordem existe uma ordem.

NOTA OFICIAL DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO GOVERNADOR E SUA DECISÃO

“O governador Paulo Hartung reuniu a equipe de secretários na tarde desta segunda-feira (09) para anunciar que não disputará a reeleição. Hartung disse que é hora de ‘passar o bastão’. Ele não manifestou apoio político a nenhum pré-candidato. O governador pediu ainda mais empenho da equipe nas ações de governo e nas entregas à população, destacando que o Espírito Santo tem as contas organizadas, projetos inovadores e é referência para o país”.

Andreia Lopes - Superintendente de Estado de Comunicação


Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook




Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2018 Folha do ES. Todos os direitos reservados.