Folha do ES
Qui, 1 de Dez

Home   Política     Brasil


Ao tentar dispersar índios do protesto, procuradora de Justiça sai sob vaias

Ao tentar dispersar índios do protesto, procuradora de Justiça sai sob vaias

Procuradora de Justiça Gisele Bleggi foi acionada e se deslocou até o local para conversar com os indígenas na tarde dessa sexta-feira (04).

  Por Redação

  07.novembro.2022 às 04:22Atualizado em 07.novembro.2022 às 04:30

Procuradora de Justiça, identificada como Gisele Bleggi, tentou convencer indígenas que participavam de bloqueios para desistirem da ação em Vilhena, Rondônia.

Os índios se juntaram aos caminhoneiros ainda na noite de quinta-feira (03) e seguem bloqueando a BR-364.

Uma Procuradora de Justiça foi acionada e se deslocou até o local para conversar com os indígenas na tarde dessa sexta-feira (04).


No entanto, os manifestantes recusaram os “conselhos” da Procuradora. A servidora pública foi embora sob intensa vaia e gritos “Sou Brasileiro, com muito orgulho!”.



Essa mesma procuradora, já foi exonerada do cargo em 2012, por suspeita de contrabando, dois meses fora do trabalho sem autorização dos superiores, uso de cópias de despachos para processos diferentes, distribuição de assinaturas em etiquetas para utilização em procedimentos diversos, falsificação de rubricas e gastos exagerados na conta do celular funcional, que chegou a acumular despesas acima de R$ 8 mil em apenas três meses.

Essas foram algumas das acusações que embasaram a decisão do Conselho Superior do Ministério Público Federal de exonerar a procuradora da República Gisele Bleggi Cunha.

GISELE BLEGGI - Vitrine Mega Model



Fonte: folhadoes.com

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.