Folha do ES
Qua, 30 de Nov

Home   Política     Brasil


Campanha do PT pede remoção de vídeo que associa Lula ao 'satanismo'

Campanha do PT pede remoção de vídeo que associa Lula ao 'satanismo'

Segundo a campanha do ex-presidente, Vicky Vanilla, o homem que aparece em um vídeo divulgado no Tik Tok, não é um apoiador do petista

  Por redação - HF

  05.outubro.2022 às 10:41Atualizado em 05.outubro.2022 às 14:11

Nesta quarta-feira (5), a campanha do candidato à Presidência da República Luiz Inácio Lula da Silva pediu a remoção dos vídeos que associam o ex-presidente à religião satânica das redes sociais .

Segundo eles, Vicky Vanilla , o homem que aparece em um vídeo divulgado no Tik Tok, não é um apoiador do petista . A campanha apontou um outro vídeo, divulgado há duas semanas, em que Vanilla aparece criticando o candidato. Na ação movida por Lula, alega que o digital influencer chamou o petista de ' nazista '.

"É inconcebível que uma figura como essa, que possui plena consciência das controvérsias que deliberadamente manifesta, tenha mudado de opinião e tomado a iniciativa de fazer campanha a um candidato que, muito pouco antes, ofendia”, diz a representação.

"Pelo bem da verdade, crê-se que o representado, utilizando-se da repulsa social que todos os cristãos têm para com ele, promove um ‘falso apoio’ao candidato Lula da Silva. Isto é, declarou seu apoio ao candidato Lula sabendo que isso prejudicaria o candidato em razão de, deliberadamente, defender a figura do anticristo."

Além do Tik Tok, a campanha do ex-presidente pediu a remoção do conteúdo de todas as plataformas, sob pena de multa diária caso não seja cumprida.

O autor do vídeo alega que as imagens teriam sido tiradas de contexto e divulgadas como "fake news" a respeito de Lula. O homem afirmou, ainda, que o candidato a Presidência não tem "qualquer ligação" com a casa espiritual em que ele cita no vídeo.


Fonte: IG Mail

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.