Folha do ES
Seg, 25 de Mar
SESAN - VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Home   Polícia     Mundo


Líder do PCC é preso no Paraguai e pode ser expulso para o Brasil

Líder do PCC é preso no Paraguai e pode ser expulso para o Brasil

'Matrix' estava escondido na mata, a menos de dois quilômetros do local em que seu parceiro foi morto em confronto com os policiais

  Por Redaçao

  09.março.2019 às 09:49

Considerado o principal líder da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) na fronteira entre os dois países, o brasileiro Thiago Ximenez, o 'Matrix', foi preso na madrugada desta sexta-feira, 8, no Paraguai.

Ele se entregou sem resistência, três dias depois de ter escapado de um cerco em que seu 'braço direito', Reinaldo de Araújo, foi morto por agentes das Forças de Operações Policiais Especiais (Fope) daquele país. Os dois haviam fugido juntos do quartel do Grupamento Especializado da Polícia Nacional, em Assunção, em dezembro de 2018.

'Matrix' estava escondido na mata, a menos de dois quilômetros do local em que seu parceiro foi morto em confronto com os policiais, na Villa Ygatimi, departamento de Canindeyú. Com ele, os policiais apreenderam uma pistola 9 mm.

Conforme Villamayor, com base em antecedentes, será decidido se ele será expulso para o Brasil ou extraditado para a Argentina, onde também responde a processos criminais.


Fonte: MSN

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.