Folha do ES
Seg, 22 de Out
CIAC

Home   Polícia     Mundo


Casal é condenado por estuprar e vender o filho para pedófilos

Casal é condenado por estuprar e vender o filho para pedófilos

Berrin Taha, de 48 anos, e Christian Lais, de 39 anos, são alemães

  Por Redaçao

  07.agosto.2018 às 10:55Atualizado em 07.agosto.2018 às 11:12

Uma mulher foi condenada a 12 anos e seis meses de prisão, no sul da Alemanha, por "alugar" o filho para fins sexuais a pedófilos na dark web (internet obscura, em tradução livre).

O tribunal de Freiburg também condenou o padrasto da criança a uma pena de 12 anos de reclusão.

Berrin Taha, de 48 anos, e Christian Lais, de 39 anos, são alemães e vivem em Staufen, perto de Freiburg.

O tribunal também condenou um espanhol a 10 anos de prisão por abusar repetidas vezes do menino. Outros cinco homens foram indiciados no mesmo caso.

O casal foi considerado culpado de estupro, agressão sexual de menor, prostituição forçada e distribuição de pornografia infantil.

Durante o julgamento, foi revelado que o próprio casal também abusou sexualmente do garoto por pelo menos dois anos.

Vídeos exibidos no julgamento mostraram cenas do menor sendo vítima de abuso sexual, amarrado, sofrendo humilhação verbal e xingamentos.


Fonte: Terra

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2018 Folha do ES. Todos os direitos reservados.