Folha do ES
Sex, 1 de Jul

Home   Polícia     Espírito Santo


Mulher tem casa incendiada no ES por ex que não aceitava o fim do relacionamento

Mulher tem casa incendiada no ES por ex que não aceitava o fim do relacionamento

No local moravam a mulher e três filhos, sendo um deles uma menina de 10 anos com paralisia cerebral. Casa ficou toda destruída, mas não houve vítimas

  Por Redação

  25.maio.2022 às 08:20

Um incêndio na Serra, na Grande Vitória, deixou casa, móveis e eletrodomésticos completamente destruídos. No local moravam uma mulher e três filhos, duas crianças de oito e 10 anos e um adolescente de 15. Apesar das chamas, ninguém ficou ferido.

De acordo com a proprietária da casa, a autônoma Samira Tereza Barbosa, quem ocasionou o incêndio, no último domingo (22), foi o ex-namorado dela, que não aceita o fim do relacionamento que durou 16 anos.

Eles estavam separados há mais de um mês, mas durante a última discussão o ex-companheiro voltou para a casa com duas garrafas de bebida e ateou fogo no sofá, na frente do filho mais velho. O garoto apagou as chamas do móvel e saiu para pedir ajuda.

Foi nesse momento que o homem voltou ao local e incendiou toda a casa. Vizinhos ajudaram a apagar as chamas até a chegada do Corpo de Bombeiros.

Samira conseguiu tirar os filhos da casa a tempo e evitou que eles ficassem feridos.

Depois do incêndio, o homem fugiu. Samira procurou a Polícia Civil e registrou boletim de ocorrência. Ela disse ter medo que o ex volte e que dessa vez não consiga se salvar e proteger a família.

Samira Tereza contou que que ele sempre foi um bom pai, mas nos últimos anos de casamento passou a agredi-la verbalmente. Ela também descobriu, no final do ano passado, que o homem era usuário de drogas.

A filha de 10 anos de Samira tem paralisia cerebral e precisa da mãe para todos os afazeres do dia. Agora, sequer com uma cama para dormir, a menina e a família sobrevivem com a ajuda de vizinhos e parentes.

"Fisicamente ele nunca me agrediu, porque eu me refugiava na casa de amigas para isso não acontecer. Mas verbalmente sim, com ameaças e xingamentos. A gente pensa primeiro no amparo aos nossos filhos. E quando você vê tudo aquilo que você fez tanta renúncia para conquistar, sendo queimado da noite para o dia, dói demais", disse Samira.

Homem primeiro tentou incendiar o sofá, não conseguiu e voltou para atear fogo em toda a casa — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Homem primeiro tentou incendiar o sofá, não conseguiu e voltou para atear fogo em toda a casa — Foto: Reprodução/TV Gazeta

O Corpo de Bombeiros informou que agentes foram ao local constataram que o fogo já havia sido apagado por populares. Os militares realizaram apenas um trabalho de rescaldo em um ponto de calor na residência, para acabar com a possibilidade de reinício do fogo. Não houve pedido de perícia.

De acordo com a Polícia Civil, Samira foi até a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) da Serra nesta terça-feira (24) e registrou um boletim de ocorrência por ameaça e injúria contra o homem. No entanto, não quis representar criminalmente.


Fonte: G1

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.