Folha do ES
Sex, 12 de Ago
32 ANOS DA FOLHA DO ES

Home   Polícia     Espírito Santo


Homem baleado invade creche para fugir de traficantes, no Sul do Espírito Santo

Homem baleado invade creche para fugir de traficantes, no Sul do Espírito Santo

Homem baleado foi socorrido por equipe do Samu

  Por redação

  03.agosto.2022 às 17:24

Um homem foi baleado por traficantes e invadiu uma creche para fugir dos atiradores na tarde desta terça-feira (2) em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo. A informação é de Thomaz Albano, da TV Gazeta.

Moradores contaram que o homem já estava ferido quando entrou pelos fundos da escola. O tiro atingiu as nádegas do rapaz.

De acordo com a Polícia Militar, o jovem, de 22 anos, admitiu envolvimento com o tráfico de drogas e disse que foi atacado por rivais. Ele afirmou que entrou na creche para se esconder.

O caso aconteceu na Escola Municipal de Educação Básica “Professora Idalina Cunha Moraes”, de responsabilidade da prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim.

A unidade atende alunos do bairro Zumbi. As atividades não chegaram a ser paralisadas.

A prefeitura explicou em nota que a escola funciona em tempo integral e que os alunos estavam nas salas de aula na hora do ocorrido.

O homem baleado foi retirado da creche por socorristas do Samu. A ambulância saiu do local escoltada por carros da polícia até a Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro. Depois que o homem foi socorrido, funcionários limparam o local.

Testemunhas contaram que alguns pais chegaram a buscar os filhos, mas não houve tumulto. Os moradores da região não quiseram gravar entrevista.

A ocorrência foi registrada como tentativa de homicídio.

Em nota, a Polícia Civil disse que o caso será investigado. Até a última atualização desta reportagem, nenhum suspeito havia sido preso.


Fonte: site barra

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.