Folha do ES
Qua, 6 de Jul

Home   Estilo     Moda


Entenda a linha "Destroyed" da Balenciaga

Entenda a linha "Destroyed" da Balenciaga

A Balenciaga lançou nesta segunda-feira (9), a pré-venda da nova linha de tênis "Destroyed", que tem um aspecto de um calçado já desgastado por anos de uso, sendo esse o conceito da linha

  Por Redação

  15.maio.2022 às 00:02

Na tarde desta segunda-feira (9), a pré-venda dos novos tênis da Balenciaga foi disponibilizada, com o preço de 1,8 mil dólares, cerca de 10 mil reais na cotação atual. Paris Sneakers é o nome dessa nova linha de produtos. O lançamento dessa linha causou polêmica pela sua aparência detonada.

As fotos de divulgação do produto, que foram compartilhadas nas redes sociais em posts, tinham um teor puramente crítico, como um teor humorístico. Aqueles que foram para o site oficial da marca se espantaram, pois mesmo que limpos, mantinham o aspecto de surrado e de como se tivessem anos de uso intensivos. Na descrição tem as características precisas, “Algodão e borracha totalmente destruídos". A marca justificou em um comunicado que eles devem ser usados por toda vida.

A estética “destroyed” não é nova. Além da própria Balenciaga em algumas temporadas anteriores, a Comme des Garçons apresentou, em 1982, a coleção “Destroy” sob o comando de Rei Kawakubo, considerada pela imprensa francesa uma “Hiroshima chique”, ao ter levado vestidos furados para a passarela.


Linha "Destroyed" Balanciaga (Reprodução/Balanciaga)


Demna Gvsalia é o diretor criativo da Balenciaga desde 2015, grife francesa fundada por um espanhol, Cristóbal Balenciaga, em 1917. Há 105 anos, um dos pilares da marca sempre foi inovação. Tendo raízes na cultura espanhola, a marca se inspirou tanto na dança tradicional flamenco, quanto em pintores locais como Diego Velázquez e Francisco Zurbarán.

Demna, em entrevista recente declarou que quando pensa na pesas para as linhas, tem em foco as gerações mais novas, e assim visa se conectar com as questões mais atuais, acrescentou ainda que pensando fora da caixa, ele visa causar um incômodo entre os espectadores, e que tal desconforto seria pertinente hoje na era digital onde opiniões diferentes se cruzam e causam ruídos.

Gvsalia é o fundador da também extravagante Vetements, que está atualmente no comando do seu irmão Guram Gvsalia, o diretor criativo georgiano não produz só moda mas também cultura.


Fonte: Lorena

Comentários Facebook


Enquete


Você é a favor ou contra o passaporte de vacina obrigatório?

  Votar   Ver resultado

Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.