Folha do ES
Qua, 20 de Mar
SESAN - VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Home     Judiciário


Carrefour terá de pagar R$ 1 milhão para cuidados a animais

Carrefour terá de pagar R$ 1 milhão para cuidados a animais

Após segurança agredir e matar um cachorro, em novembro, rede de supermercados e prefeitura de Osasco assinaram termo de compromisso

  Por Redação

  15.março.2019 às 16:02

O Ministério Público de São Paulo publicou, nesta sexta-feira (15), um termo de compromisso no qual o supermercado Carrefour e o município de Osasco assumem responsabilidades após o caso da agressão e maus-tratos de um segurança a um cachorro, em 28 de novembro passado, que causou a morte do cão.

A rede de supermercados terá de depositar R$ 1 milhão em um fundo, que será criado e administrado pela prefeitura da cidade para cuidados e ações para os animais.

A contar da data do termo de compromisso e da criação do fundo, o Carrefour terá 15 dias para efetuar o pagamento.

Deste valor, R$ 500 mil irão para a esterelização de cães e gatos. Serão destinados R$ 350 mil a medicamentos para animais do Hospital Municipal Veterinário ou que estejam no canil municipal.

Por fim, os R$ 150 mil restantes serão para a aquisição e entrega de rações para associações, ONGs e outras entidades de cuidado aos animais na cidade de Osasco.

No caso de atraso no pagamento por parte do Carrefour, a rede de supermercados será multada em R$ 1 mil por dia.

Caso a prefeitura de Osasco não cumpra com o papel designado pelo Ministério Público, será investigada por ato de improbidade administrativa.

O caso

Em novembro passado, o caso da agressão por parte de um segurança ao cachorro Manchinha, um cão abandonado que frequentemente passava pela área do supermercado, ganhou repercussão nacional. Por conta do sangramento causado pela agressão, o animal faleceu.

Em depoimento posterior à polícia, o segurança admitiu a agressão. Na semana seguinte, o Ministério Público de São Paulo instaurou um inquérito civil para apurar o caso.

Nota oficial do Carrefour

O Carrefour informa que firmou acordo com o Ministério Público do Estado de São Paulo e Município de Osasco em prol da causa animal, após episódio ocorrido em sua loja de Osasco (SP), no ano passado.

A partir do seu compromisso e transparência com toda a sociedade, a empresa irá reverter R$ 1 milhão a fundo ligado à causa que será criado pelo município, sendo R$ 500 mil destinados para a castração de cães e gatos, R$ 350 mil à compra de medicamentos para o Hospital Municipal Veterinário ou canil municipal e R$ 150 mil à compra de ração para associações, ONGs e demais entidades na cidade.

O acordo, que será remetido ao Conselho Superior do Ministério Público para homologação, prevê que a Promotoria de Justiça de Osasco será responsável pelo acompanhamento e fiscalização quanto ao cumprimento do acordo.

O Carrefour reforça ainda que já implementa extenso plano de ação em prol da causa animal, estruturado com o apoio de diversas ONGs e entidades, com ações concretas em curso na cidade de Osasco e no país. As informações estão disponíveis no canal criado exclusivamente para informar a sociedade sobre essas e outras iniciativas: carrefour.com.br/causa-animal.


Fonte: O Extra

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.