Folha do ES
Sb, 20 de Out
CIAC

Home     Judiciário


Loja atrasa entrega de vestido e terá que indenizar noiva no ES

Loja atrasa entrega de vestido e terá que indenizar noiva no ES

Noiva não teve vestido que queria no dia do casamento

  Por Redaçao

  09.agosto.2018 às 10:06Atualizado em 09.agosto.2018 às 10:13

Uma decisão da 1ª Vara Cível de Baixo Guandu condenou a proprietária da loja a pagar uma indenização de R$ 6 mil por danos morais e mais R$ 2.347,70 por danos materiais após o estabelecimento ter atrasado a entrega do vestido de noiva, que também estava inacabado.

Com o casamento marcado, a noiva contratou os serviços do ateliê e ambas as partes acordaram que o vestido deveria ser entregue com no máximo uma semana de antecedência para que os últimos ajustes fossem realizados na peça. Mas não foi isso que aconteceu.

A noiva explica que somente poucas horas antes da cerimônia o vestido foi entregue. Ao vestir e notar que o produto não estava apto para uso, a cliente alugou um vestido em uma outra loja para poder casar-se. Segundo ela, ajustes foram feitos às pressas para evitar o cancelamento do casamento.

“Assim, entendo que a situação vivida pela noiva foi capaz de lhe gerar danos de ordem moral, posto que, ainda que não se trate de efetiva lesão à personalidade, acarretou transtornos que extrapolam os meros dissabores da vida em sociedade. Os danos morais restam caracterizados pela conduta ilícita da empresa, revelando-se uma prática abusiva, a qual deve ser penalizada, uma vez que constitui verdadeira desconsideração para com a consumidora”, sentenciou o juiz responsável pelo caso.

A proprietária da loja, devidamente intimada, não compareceu à audiência de conciliação


Fonte: Tribunal de Justiça do ES

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2018 Folha do ES. Todos os direitos reservados.