Folha do ES
Qui, 8 de Dez
32 ANOS DA FOLHA DO ES

Home   Judiciário     Espírito Santo


Audiência de acusado de matar empresário Fabrício Spolador será em setembro

Audiência de acusado de matar empresário Fabrício Spolador será em setembro

mandante do assassinato do empresário do setor de carnes continua foragido.

  Por Redação LD

  05.setembro.2022 às 12:46Atualizado em 05.setembro.2022 às 13:04

Acontece no dia 19 deste mês de setembro, a audiência de instrução e julgamento de V. V. N. V., de 22 anos, acusado de assassinar o empresário do setor de carnes, Fabrício Ramos Spolador, de 24 anos, ocorrido na véspera de Natal do ano passado, no bairro Aeroporto, em Cachoeiro de Itapemirim. Só após esta aundiência, que antecede o julgamento, será definido pela Justiça se o réu irá a juri popular. A morte do empresário trouxe grande repercussão e comoção na cidade.

O caso do assassinato do empresário teve uma reviravolta durante as investigações. O crime que antes era tratado como latrocínio (roubo seguido de morte), passou a ser considerado homicídio. E de acordo com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a motivação foi passional.

O autor dos disparos contra Fabrício foi preso no dia 10 de janeiro e permanece no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro. Os demais envolvidos no crime também estão presos preventivamente. Já o mandante do crime, apontado pela Polícia como sendo Anderson da Silva Porto, conhecido como "Paçoca", ainda está foragido. A Polícia Civil destaca que qualquer informação sobre o paradeiro do foragido pode ser denunciada anonimamente pelo telefone 181 (Disque-Denúncia).

Relembre o caso:

O crime aconteceu no dia 24 de dezembro do ano passado, véspera de Natal, no bairro Aeroporto, em Cachoeiro de Itapemirim. Fabrício foi atingido por dois disparos de arma de fogo. Uma bala perfurou o tórax direito e a outra o abdômen. Durante o suposto assalto, que resultou na morte de Fabrício, apenas o celular da vítima foi levado pelo autor do crime.

Imagens registraram o momento em que a vítima abriu o portão para um suposto cliente não identificado, que o rendeu e efetuou os disparos contra ele. Fabrício era comerciante de carnes, muito querido e respeitado por clientes e colegas empresários.

Após intensas investigações, foi preso na tarde do dia 10 de janeiro, no Bairro Portinho, município de Piúma, V. V. N. V., de 22 anos de idade, acusado de ser o autor do crime que vitimou o empresário.

O celular do empresário Fabrício foi encontrado no mesmo dia, após o acusado pelo assassinato ser preso em Piúma e indicar o local exato onde estaria o smartphone. O aparelho foi encontrado em um terreno em frente ao antigo espaço de eventos Arena Mix, no bairro Aeroporto, através de uma força tarefa entre Polícia Civil e amigos de Spolador.


Fonte: jornal de fato

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.