Folha do ES
Sex, 1 de Jul

Home     Geral


"Só ficamos com a roupa do corpo", desabafa mulher após casa pegar fogo

"Só ficamos com a roupa do corpo", desabafa mulher após casa pegar fogo

O incêndio aconteceu na tarde de quarta-feira (27). Duas crianças, de 6 e 11 anos, estavam no imóvel e foram resgatadas por um comerciante

  Por Redação

  28.abril.2022 às 09:34Atualizado em 28.abril.2022 às 10:03

O prédio atingido por um incêndio na tarde de quarta-feira (27), no bairro Itapebussu, em Guarapari, ficou completamente destruído. Duas crianças, de 6 e 11 anos, estavam no imóvel quando tudo aconteceu. Elas foram resgatadas por um comerciante.

Por telefone, a mãe, que é diarista e vendedora ambulante, contou à equipe de reportagem da TV Vitória/Record TV que havia saído para ir ao supermercado. Tudo foi perdido e agora, ela não sabe o que fazer com os quatro filhos.

"Eu tinha geladeira, cama, televisão, som, fogão, tudo novo que comprei com o suor do meu trabalho na praia. Só fiquei com a roupa do meu corpo e meus filhos também", lamentou.

O Corpo de Bombeiros informou que o incêndio aconteceu pouco antes das 14h. A criança mais velha, ao perceber o que estava acontecendo, começou a gritar por socorro. Um comerciante do bairro quebrou o cadeado e conseguiu resgatá-las.

"Eu tinha acabado de sair para ir no mercado, fui fazer uma compra e deixei a minha menina de 10 anos com o meu menino de 6 em casa. Ela disse que foi para o quarto dormir e ele ficou na sala assistindo televisão. Quando ele viu o fogo saindo de dentro do meu quarto pela iluminação, ele chamou ela e disse que estava pegando fogo. Minha filha ficou desesperada e não viu a chave pendurada, aí começou a gritar na janela pedindo socorro", contou.

Após as chamas serem apagadas, ficou apenas o cenário de destruição na residência. Agora, a mulher, que é do interior do Estado, conta com a solidariedade para recomeçar.

Uma campanha de doações está sendo realizada para ajudar a família. Por enquanto, ela está na casa de uma amiga e os quatro filhos estão abrigados em casa de parentes.

Quem puder ajudar com doações, pode ligar para o número: (28) 99924-5841 e falar com Thiago Saron.


Fonte: R7

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.