Folha do ES
Sex, 1 de Jul

Home   Esporte     Espírito Santo


Atleta do ES, Mariana Gesteira bate recorde das Américas e melhor tempo do mundo na natação

Atleta do ES, Mariana Gesteira bate recorde das Américas e melhor tempo do mundo na natação

Medalhista de bronze nas Paralímpíadas de Tóquio, a atleta paralímpica conquistou a marca no Circuito Brasil, com 27.98 segundos

  Por Redação

  02.maio.2022 às 13:13

A nadadora Mariana Gesteira, medalhista de bronze nas Paralímpíadas de Tóquio, bateu o recorde das Américas e o melhor tempo do mundo nos 50 metros livres, com 27.98 segundos. Até o momento, o tempo também é o melhor do ano da prova.

A conquista é uma das inúmeras da equipe da Associação Capixaba Paralímpica de Desportos (ACPD), que obteve 6 medalhas de ouro, 3 de prata e 7 de bronze no Circuito Brasil Loterias Caixa, que aconteceu nos dias 9 e 10 de abril, em São Paulo, organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro.

O evento é o mais importante no cenário paralímpico nacional, com competições de atletismo, natação e halterofilismo.

Capixaba de coração, a carioca Mariana Gesteira, que vive há mais de um ano em Vitória, comenta a alegria por tudo que a equipe alcançou.

"O mais importante foi a gente ter batido o recorde das Américas, foi a primeira vez que eu nadei para 27 nos 50 livres. É um tempo muito forte e o melhor do mundo, hoje, de todas as categorias físicas, não só para a minha. Era um sonho para mim, até mesmo distante, mas graças ao apoio que recebi de empresas que sonharam junto comigo, como a Marca Ambiental, conseguimos transformar o sonho em realidade", afirma a atleta.

Em entrevista ao Folha Vitória, a atleta declarou que o momento atual seja o melhor dela na natação pois sente menos as dificuldades.

"Trabalhamos muito para conseguir esse resultado nesta que é minha principal prova, meu melhor tempo nos 50 metros havia sido em 2016. Foi uma surpresa muito emocionante, talvez a maior da minha, e meu maior sonho era bater esse tempo. Foi muito emocionante", destacou.

Medalhista de bronze nas Paralimpíadas de Tóquio no ano passado, Mariana Gesteira relembrou da conquista em Tóquio, que foi nadando nos 100m na categoria S10, acima da que está acostumada a competir (S9 nos 50m livres).

No entanto, ela afirmou que estará preparada para disputar na classe acima e também comentou do ciclo reduzido para os Jogos de Paris 2024.

"A expectativa é muito boa, estamos focados na preparação para as provas de 100m, visto que nas Paralimpíadas de Paris 2024 novamente não haverá a categoria dos 50m S9, na qual eu disputo. Porém, não vamos deixar os 50m de lado pois é uma prova que me sinto muito a vontade e podemos conquistar mais coisas boas", afirmou.

"A preparação segue muito firme, temos o Mundial de Natação em 41 dias, que é nosso principal foco. Lá vamos disputar os 50m livres, 100m livres e costas, além dos revezamentos. Estamos com a esperança de brigar por uma medalha, sabemos da dificuldade, mas o objetivo é esse e trabalhamos duro para chegarmos nesse momento", finalizou.

Antes do mundial, Mariana vai disputar a 3ª etapa do Campeonato Brasileiro de Natação em duas semanas. Segundo a atleta, será uma oportunidade boa para a equipe trabalhar como preparação visando o Mundial.


Fonte: R7

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.