Folha do ES
Sex, 21 de Set

Home   Esporte     Brasil


Clube que revelou Ronaldo luta para sobreviver

Clube que revelou Ronaldo luta para sobreviver

Campeão carioca de 1926, tradicional São Cristóvão batalha para fugir da queda na Série B2 do Rio, pede socorro ao Fenômeno e tenta não fechar as portas no futebol profissional:

  Por Redação

  13.setembro.2018 às 12:48Atualizado em 13.setembro.2018 às 15:28

Sem patrocinadores, o São Cristóvão vive basicamente de recursos próprios, além de doações e inúmeras permutas. Aluga o espaço de três outdoors, além do seu campo de grama sintética, o ginásio e a sede náutica. Conta, também, com a mensalidade de cerca de 300 sócios.

No entanto, não consegue sequer lucrar com o aluguel do estacionamento do Estádio Ronaldo Nazário para a Prefeitura do Rio - as verbas foram antecipadas pela antiga gestão e uma nova quantia só entrará nos cofres a partir de janeiro de 2019, de acordo com a atual diretoria.

A direção calcula um orçamento mensal de R$ 70 mil mensais para tocar o futebol profissional, mas, segundo João Machado, o clube só tem conseguido arrecadar 50% desse valor (cerca de R$ 35 mil). O que não é o suficiente para manter as contas em dia.

- O que podemos falar é que pode parar o futebol. Há um consenso no conselho de que, se parar com o futebol, o clube se toca com a sede náutica, se toca com os aluguéis, permutas, e o clube fica maravilhoso. Mas você perde a essência. O que é o São Cristóvão? O que é Figueira de Melo? Aqui se respira futebol - conta João Machado, que se aposentou da carreira de bancário e se dedica ao clube desde o início do ano.


Fonte: Terra

Comentários Facebook




Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2018 Folha do ES. Todos os direitos reservados.