Folha do ES
Qui, 1 de Dez

Home   Esporte     Brasil


Após derrota de Bolsonaro, Neymar é zoado por Imposto de Renda e rebate: 'Gosta de aparecer'

Após derrota de Bolsonaro, Neymar é zoado por Imposto de Renda e rebate: 'Gosta de aparecer'

Craque apoiou o atual presidente na busca pela reeleição.

  Por Redação - BLN

  01.novembro.2022 às 12:58

O atacante Neymar, que fez campanha pública para a reeleição de Jair Bolsonaro e ainda não fez nenhuma manifestação sobre a derrota nas urnas, voltou às redes sociais.

Porém, o retorno foi para responder uma provocação da influenciadora financeira "Nath Finanças", abertamente a favor do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva.

A polêmica teve início quando ela publicou uma brincadeira nas redes sobre o jogador. "Gente, Neymar na minha dm (Direct Message) hoje implorando para ajudar a declarar o Imposto de Renda", escreveu.

O jogador não deixou barato e respondeu. "Como tem gente que gosta de aparecer, né? PQP!", escreveu ele, colocando ainda algumas imagens de biscoito (que nas redes significa pessoa que busca chamar a atenção fazendo ou dizendo coisas com o objetivo descarado de receber elogios ou curtidas).

A brincadeira da influenciadora se baseou em supostas infrações cometidas pelo jogador em suas declarações do Imposto de Renda, entre 2011 e 2013. O Conselho de Administração de Recursos Fiscais, inclusive, aplicou uma multa de R$ 8 milhões ao jogador. Ele recorreu e o caso ainda está em julgamento.

O processo voltou à tona durante as eleições, após o presidente eleito Lula ironizar o jogador em sua participação no Flow Podcast.

Questionado se teria ficado chateado com Neymar pelo apoio a Bolsonaro, Lula afirmou, em tom de brincadeira, que Neymar estaria com medo de vê-lo como presidente porque o Brasil "saberia que Bolsonaro perdoou a dívida de Imposto de Renda dele".

Isso porque, em 2019, o pai de Neymar se encontrou com o presidente Bolsonaro e com o ministro da Economia Paulo Guedes para falar sobre a questão. O encontro ocorreu seis dias após o atleta entrar com um recurso no conselho pedindo a anulação do processo.


Fonte: O Dia

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.