Folha do ES
Dom, 2 de Out

.Home     Colunistas     Leandro Chades Bettecher

O outro lado da moeda


Leandro Chades Bettecher

Leandro Chades Bettecher

Leandro Chades Bettecher é cantor, violonista, poeta, romancista, jornalista e compositor. Formado em Letras Literatura e um dos lideres da banda Maloca dos Braga.

Ver todos os artigos

  14.junho.2022

— Nossa.... Mataram um lá no Amarelo ontem de noite mãe — falei.

— Aonde meu filho? — Ela perguntou.

— Ali perto daquela padaria no Amarelo. — Frisei.

— Misericórdia senhor. — Falou.

— Pois é mãe tá tenso.

E fui trabalhar, e lá chegando vi um prefeito e dois secretários sendo afastados dos cargos, ali no litoral. Onde tenho muito apreço e gosto de ir, um lugar que cresce bastante economicamente e que até tem uma boa administração. Confesso que acho competente.

Toda via, um dia a casa cai, e não adianta, os culpados serão julgados, e os inocentes voltarão a comandar novamente ou não, depende de como vai funcionar a lei.

Os políticos recebem um certo foro privilegiado, isso chega a parecer uma brincadeira, na verdade não passa de uma puta sacanagem, eles devem morrer de rir da nossa cara, roubando nossa grana e colocando pra “fuder” com a gente, não tem jeito.

Nenhum político, ou quase nenhum passa no buraco da agulha, de fato é uma raça facilmente corrompida, mas na verdade o povo brasileiro é assim também, vale ressaltar. Se dar bem em cima dos outros faz parte da nossa cultura, sendo assim merecemos os políticos que temos, somos extremamente como eles.

Esperamos por um super-homem. Quando na verdade podemos sê-lo, entretanto, preferimos reclamar e criticar, quem faz algo contra esse sistema. Geralmente são os “doidos ou vagabundos”. Pessoas que não puxam saco ou se rendem ao sistema.

Onde falsos valores como cargos, enchem os olhos, fazendo que uma teta na prefeitura seja algo de cobiça, esquecendo todos os outros caminhos para um lado profissional. Quando consegue tudo bem, pior é quando não passa de falsas ilusões.

Pagar de leitão pra mamar deitado, é isso que o povo procura, em alguns casos até mama mesmo literalmente, para conseguir o que almeja. “Por conta de dinheiro e um cargo bom, tem nego que rebola e usa até batom”, já dizia os Racionais MC’s.

Comentários Facebook


Enquete


O que você espera do próximo Governo do Brasil?

  Votar   Ver resultado

Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2022 Folha do ES. Todos os direitos reservados.