Folha do ES
Sb, 22 de Set
CIAC

Home     Colunistas     Júlio M. Bicalho

Incomodar


Júlio M. Bicalho

Júlio M. Bicalho

Autodidata na filosofia das artes, com destaque na escrita

Ver todos os artigos

  05.julho.2018

Não nascemos para acomodação. A vida principia no irromper do ventre, no invadir do fôlego aos pulmões, na pele coberta de sangue e no choro forte que anuncia a vida.

Não nascemos para sucumbir à força do tempo. Nascemos para precipitar o fôlego, agredindo o próprio tórax com os batimentos do coração. Nascemos para promover atritos como dos pés com o chão a fim de deslocar-se de um ponto para o outro. Nascemos para incomodar comportando diversidades e promovendo a equidade. Nascemos do desespero do querer do dolor do corpo, da perturbação dos sentidos na febre da paixão. Nascemos para incomodar, como a semente prorrompendo o solo, sedenta por infinito espaço. Nascemos para ser comprimidos na mente e na alma, forjados no fogo e nas pancadas que o coração nos submete.

Nascemos várias vezes no decorrer do tempo até romper o corpo a alçar a eternidade, promovendo, incomodando e enunciando um novo princípio, com novas lágrimas. As quais agora encobrem o espírito com dor, de quem ainda não irrompeu o corpo. Nascemos e ascendemos, incomodando o corpo da mãe com o intuir de nossa existência no suspirar da paixão, no invadir do corpo e no evadir-se do mesmo. Por fim, arrancando-lhe um pedaço da alma. Nascemos para incomodar, para nascer várias vezes em outras vidas.

Nascemos para crescer, correr, evoluir, iluminar-se até finalmente tornar-se eterno.



Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2018 Folha do ES. Todos os direitos reservados.