Folha do ES
Ter, 19 de Fev

Home   Polícia     Brasil


Jovem que vendia maconha 'gourmet' pelo WhatsApp é preso

Jovem que vendia maconha 'gourmet' pelo WhatsApp é preso

PC chegou até ele após denúncia anônima. Entorpecente, consumido pela classe média, tem sabores de limão, framboesa, cereja e de chocolate

  Por Redação

  08.fevereiro.2019 às 16:08

Investigadores da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) prenderam, nesta sexta-feira (8/2), um estudante de classe média que vendia a chamada maconha “gourmet” na Asa Sul. A droga era comercializada por meio de aplicativos, como o WhatsApp. Pedro Henrique de Araújo Barros, 18 anos, foi detido em flagrante enquanto dormia, na Quadra 306 Sul.

Na casa dele, os policiais encontraram maconha e algumas drogas mais sofisticadas. De acordo com a PCDF, o rapaz tem várias passagens por tráfico quando ainda era menor. A polícia chegou até o suspeito por meio de denúncias anônimas e descobriu que o jovem fazia ofertas de porções de maconha em grupos de aplicativo.

Maconha gourmet

De olho no alto poder aquisitivo de usuários do Plano Piloto, Lago Sul e Lago Norte, traficantes do Distrito Federal passaram a apostar no tráfico de ervas geneticamente modificadas. As chamadas maconhas gourmet apresentam notas de limão, framboesa, cereja e de chocolate.


Fonte: IG

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Folha do ES. Todos os direitos reservados.