Folha do ES
Sb, 18 de Ago

Home     Estilo


OMS reconhece vício em sexo como transtorno mental

OMS reconhece vício em sexo como transtorno mental

Dois a quatro por cento da população mundial sofre deste transtorno

  Por Redação

  16.julho.2018 às 11:36Atualizado em 16.julho.2018 às 12:00

O vício em sexo foi, pela primeira vez de forma oficial, considerado uma doença mental pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A inclusão desta condição na lista de doenças aprovadas pela OMS chega semanas após o vício em vídeo games ter sido reconhecido como um problema patológico também.

A médica Valerie Voon, membro do Colégio Real de Psiquiatria britânico, afirmou, em declarações para o The Independent, que cerca de dois a quatro por cento da população mundial sofre deste transtorno.

“É um tipo de comportamento que tende a ser escondido, já que é visto como vergonhoso”, comenta.

A lista publicada pela OMS descreve a desordem de comportamento sexual compulsivo como um “padrão persistente de falha no controleo de impulsos repetitivos e intensos de cunho sexual ou um impulso que resulta em atitudes sexuais repetitivas”.

Os sintomas incluem o fato do sexo se tornar o “foco central” na vida dessas pessoas, em detrimento e negligenciando a saúde, cuidados ou interesses pessoais e quaisquer responsabilidades.


Fonte: Agência Brasil

Comentários Facebook




Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2018 Folha do ES. Todos os direitos reservados.