Folha do ES
Qui, 19 de Jul
Transparência Vargem Alta

Home   Estilo     Comportamento


'Não tenho bola de cristal', diz juiz que soltou suspeito de agredir e matar ex no DF

'Não tenho bola de cristal', diz juiz que soltou suspeito de agredir e matar ex no DF

Mulher de 23 anos foi morta a facadas três dias após agressor ser liberado em audiência de custódia

  Por Redação

  08.junho.2018 às 12:55

Um dia após a morte da operadora de caixa Tauane Morais, de 23 anos – assassinada a facadas por um ex-namorado que se dizia "inconformado com o término" – o juiz Aragonê Nunes Fernandes disse "não ter bola de cristal" para prever ameaças que poderiam se concretizar.
Ele é o autor da decisão que mandou soltar o suspeito, três dias antes do crime. Nesta quinta, após a morte de Tauane, a decisão sobre o novo flagrante voltou à mesa do magistrado.
A afirmação do juiz foi feita nesta quinta-feira (7), durante a segunda audiência de custódia de Vinícius Rodrigues de Sousa. Ele já tinha sido preso no domingo (3) após agredir e tentar enforcar Tauane Morais, com quem tinha dois filhos e um relacionamento há quatro anos.

Fonte: Redação da Folha do ES

Comentários Facebook




Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo da Folha do ES para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2018 Folha do ES. Todos os direitos reservados.